Apenas 24% dos portugueses se sentem seguros em deixar os filhos nas creches
Publicado | 2020-08-17 13:28:42
 
O contexto de pandemia e novo normal tem feito voltar hábitos antigos e a preferência por ama a tempo inteiro ao invés de um infantário ou creche é uma delas.
 
Um inquérito realizado pela Fixando concluiu que apenas 24% dos Portugueses se sentem seguros em deixar os filhos nestes locais que acreditam cumprirem todas as normas recomendadas pela Direcção Geral de Saúde.
A procura por amas cresceu, em comparação com o ano anterior, 377%, e uma das prioridades dos inquiridos é que este serviço possa ser feito a tempo inteiro, revela a pesquisa.
Neste aumento de procura destaca-se a primeira quinzena de Agosto, tradicionalmente época de férias, em que a procura se sobrepõe à oferta.
No estudo realizado pela plataforma, estima-se que cada família pague em média 210€ por filho nas creches, enquanto que o preço por hora para um serviço de uma ama, ronda os 8€, variando se for um serviço mensal, que pode ir dos 160 aos 840€, dependendo do número de crianças, horas por dia e se se trata de uma ama particular ou com mais crianças.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
25 25
16 15
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda