Julho de 2020 foi o mais quente dos últimos 90 anos
Publicado | 2020-08-09 04:41:31
 
Segundo informação do Instituto Nacional do Mar e da Atmosfera, (IPMA), no mês de Julho, o valor médio da temperatura média do ar, 25.08 °C, foi muito superior ao normal, +2.91 °C.
 

O valor médio da temperatura máxima do ar, 33.34 °C, foi o mais alto desde 1931, com uma anomalia de +4.61°C. O valor médio da temperatura mínima do ar, 16.83 °C, com uma anomalia de +1.21°C foi o 5º mais alto desde 1931.

Durante o mês os valores de temperatura (média e máxima) do ar foram quase sempre superiores ao normal. Também a temperatura mínima do ar foi quase sempre superior ao valor normal mensal, destacando-se o dia 17, com um valor médio da temperatura mínima no continente próximo de 20 °C.

O valor médio da quantidade de precipitação em Julho, 4.0 mm, corresponde a 30 % do valor normal.

Durante o mês verificaram-se condições de instabilidade atmosférica em alguns locais do Centro e Sul do território que originaram a ocorrência de aguaceiros, que foram localmente fortes, por vezes de granizo e acompanhados de trovoada

Verificou-se um aumento da área em seca meteorológica no território do continente, sendo de realçar as regiões do Baixo Alentejo e Algarve com um aumento de intensidade (classe de seca moderada, pontualmente severa). 

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
25 25
16 15
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda