“Os cães de Salazar” é a última obra do mourense Moita Flores
Publicado | 2020-07-23 17:10:24
 
Francisco Moita Flores publicou, mais um romance, intitulado "Os cães de Salazar", obra baseada na história real do atentado de 1937 realizado contra Oliveira Salazar.
 

O escritor natural de Moura, onde foi professor de Biologia do ensino secundário, tendo deixado de exercer em 1978 altura em que integrou os quadros da Polícia Judiciária. 

Desenvolveu estudos sobre a violência e morte violenta, dirigiu a equipa que identificou e trasladou os mortos do cemitério da Aldeia da Luz, numa destacada operação científica.

Com um vasto leque de obras publicadas, Moita Flores editou agora este romance que leva o leitor numa viagem pela sociedade portuguesa da época e pelos meandros da investigação daquele que foi o único atentado contra o Presidente do Conselho de Ministros.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
29 30
13 12
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda