Incêndios - Quatro bombeiros feridos em Castro Verde
Publicado | 2020-07-13 17:27:03
 
O número de bombeiros feridos no incêndio que deflagrou hoje à tarde no concelho de Castro Verde, no distrito de Beja, subiu para quatro, tendo sido acionado um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), informou a Proteção Civil.
 

De acordo com a página na internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), atualizada às 20:00, quatro bombeiros ficaram feridos.

Segundo fonte da ANEPC, dois bombeiros sofreram queimaduras, tendo um sido considerado ferido grave e outro ligeiro. Ambos foram transportados para o hospital.

Os outros dois operacionais sofreram ferimentos ligeiros e foram assistidos no local.

Fontes da Proteção Civil tinham dito anteriormente à Lusa que o incêndio tinha provocado queimaduras em dois bombeiros da corporação alentejana de Cuba.

O comandante operacional distrital, Vítor Cabrita, adiantou que o fogo continuava a lavrar, cerca das 19:30, em duas frentes e mobilizava 145 operacionais, com o apoio de 50 veículos e três meios aéreos.

A Estrada Nacional (EN) 2 foi cortada ao trânsito entre Castro Verde e a localidade de Carregueiro e o Itinerário Principal (IP) 2 entre a povoação de Entradas e Castro Verde, indicou à Lusa fonte da GNR.

O alerta foi dado às 17:07, tendo o fogo de "grandes dimensões" em áreas de mato e seara deflagrado em Lagoa da Mó, perto de Casével, concelho de Castro Verde, referiu à Lusa o Comando Distrital de Operações de Socorro de Beja.

Lusa

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
29 30
13 12
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda