Moura - Igrejas do concelho com candidatura para reabilitação
Publicado | 2020-06-30 17:50:37
 
Na reunião de Câmara extraordinária realizada no passado dia 29 de Junho, foram aprovadas as propostas de Protocolo de Colaboração entre a Fábrica da Igreja de São João Batista de Moura, a Fábrica da Igreja Paroquial de Santo Aleixo da Restauração, a Direcção-Geral do Tesouro e Finanças, o Município de Moura e a Direcção Regional de Cultura do Alentejo.
 

Os protocolos, a firmar entre as referidas entidades, irão permitir à Câmara Municipal candidatar a execução das obras de reabilitação das igrejas de São João Batista, em Moura, e da Igreja Matriz de Santo Aleixo da Restauração.

A autarquia, irá também financiar com uma percentagem simbólica este investimento e elaborar os projectos de conservação e reabilitação. Cabe à Direcção-Geral do Tesouro e Finanças, assegurar o montante mais significativo da contrapartida nacional da candidatura.

Segundo o presidente da Câmara Municipal de Moura, Álvaro Azedo, “no tocante às Igrejas de

já tínhamos identificado, em conjunto com a Direcção Geral da Cultura. Fomos sempre criando condições para que chegássemos a um entendimento sobre a necessidade emergente de obras de conservação.”

O edil mourense adiantou ainda que “a Câmara Municipal de Moura, tem vindo a desenvolver trabalho técnico em parceria com a Direcção Geral da Cultura e há um compromisso, agora traduzido em protocolo, para que tenhamos esse investimento nas duas igrejas.”

Na mesma reunião foi ainda aprovada a proposta de Protocolo de Colaboração entre a Direcção-Geral do Tesouro e Finanças, o Município de Moura e a Direcção Regional de Cultura do Alentejo, com vista à realização de obras de conservação na zona definida do troço n.º2 das Muralhas Modernas de Moura, bem como o início do procedimento do concurso público referente à Empreitada de Reabilitação do Edifício do Antigo Matadouro para Museu Municipal de Moura – 2.ª fase.

Por maioria, com os votos favoráveis do Executivo PS e a abstenção dos Vereadores da CDU, foi aprovada a proposta de protocolo a estabelecer entre a EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva, S.A. e o Município de Moura, que estabelece os termos e condições em que é assegurada a gestão, exploração, manutenção e conservação do novo Cais Ancoradouro da Estrela.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda