“Igualdade entre os trabalhadores” Paula Ramos, directora da Escola Profissional de Moura
Publicado | 2020-06-07 20:08:49
 
A Escola Profissional de Moura, marcou o seu 20º aniversário, com a assinatura de contractos sem termo de todos os seus funcionários, deixando assim a Instituição de ter trabalhadores precários.
 

A Directora, Paula Ramos, disse à Planície que “foram assinados os contractos dos funcionários da Comoiprel, contractos sem termo, acabou por ser uma acção muito importante.” Adiantando que “Veio repor uma grande justiça e uma igualdade entre os trabalhadores, pois grande parte, 12, encontravam-se sempre a assinar contractos anuais em Setembro, todos os anos tinham que assinar um novo. “

Paula Ramos acrescentou que “eram trabalhadores que estavam aqui, muitos deles há mais de 10 anos e não se compreendia, porque continuavam nesta situação. Na cerimónia que fizemos, um dos actos mais importantes foi exactamente legalizar a situação, que tinha sido adiada por muitos e longos anos.”

Comoiprel deixou de ter trabalhadores precários, estando todos com contracto sem termo.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
39 39
19 20
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda