PSD quer igualdade de oportunidades para os alunos
Publicado | 2020-05-19 20:13:19
 
Devido aos efeitos da pandemia de covid-19 houve necessidade de recorrer ao ensino à distância, o que segundo o PSD, “acabou por acentuar as desigualdades, desde logo, nas disparidades de acesso à Internet e dispositivos informáticos”.
 

O Partido Social Democrata diz que “há estudos que apontam para cerca de 50.000 alunos estão sem acesso a recursos educativos online.”

Esta força partidária acaba de entregar uma pergunta no Parlamento ao ministro da Educação, onde alerta para este “problema grave que coloca em causa a igualdade de oportunidades de milhares de alunos”.

O PSD do distrito de Beja acusa o Governo de “incapacidade em assegurar que todos os alunos do ensino básico e secundário tenham acesso às plataformas digitais. Foram, aliás, as autarquias do distrito a apoiar as comunidades educativas, em especial, as famílias com mais dificuldades, e adquiriram computadores portáteis e tablets para permitir que milhares de alunos não ficassem privados do ensino à distância.”

A pergunta entregue pelos deputados do PSD no Parlamento ao ministro da Educação: “Pretende o Governo, ao abrigo da anunciada intenção de assegurar no próximo ano letivo a universalidade do acesso às plataformas digitais para todos os alunos do ensino básico e secundário, ressarcir as autarquias do investimento que têm realizado na aquisição de computadores/tablets e routers de acesso à Internet?”

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda