Covid-19 - EDIA junta-se a movimentos solidários do distrito de Beja
Publicado | 2020-05-15 16:41:23
 
Segundo a EDIA “não podia ficar alheia a esta nova realidade, decidindo por isso integrar um conjunto de iniciativas que visam minimizar os efeitos desta pandemia. Assim decidiu integrar um conjunto de iniciativas que visam minimizar os efeitos desta pandemia.”
 

Nesse sentido a empresa “integrou o grupo doador liderado pelo Núcleo Empresarial da Região de Beja, NERBE/AEBAL; a Associação de Agricultores do Sul, ACOS e a Cooperativa Agrícola de Beja, para constituição de um fundo solidário a entregar directamente ao Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, para realização de obras urgentes neste cenário de Pandemia.”

Outra das vertentes que a EDIA está a apoiar é “lares, Bombeiros, CERCI Beja e Centro de Paralisia Cerebral de Beja,” também as causas “SER HUMANO”, “Em nome da solidariedade “e o movimento OPTA - Organização Pontual no Tempo Actual.

Com estas parcerias a EDIA afirma que “tenta cobrir todas as áreas da nossa sociedade no combate a esta pandemia, juntando-se à luta que cada português, cada um à sua maneira, está a fazer.”

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda