Covid-19 - “É uma altura de união”, vereadores da CDU da autarquia de Moura
Publicado | 2020-03-27 05:29:22
 
Os vereadores da CDU da Câmara Municipal de Moura, emitiram um comunicado em que referem que o “actual surto epidémico tem de ser enfrentado, prevenido e combatido com determinação, mobilizando os meios e os recursos indispensáveis à defesa da saúde e da vida. Vivemos uma situação nova e que pela sua novidade deve ser encarada com responsabilidade e com sustentabilidade.”
 

E adianta que “nos últimos anos, foi fácil destruir os serviços públicos no interior. Foi fácil fechar hospitais, roubar freguesias e empobrecer municípios.

Foi fácil negar direitos aos trabalhadores do sector da saúde, educação, forças policiais e da administração local.”

 Os vereadores da CDU salientam que “esta, também é uma altura de união. Os vereadores da CDU estarão sempre do lado da solução, nunca ao lado do problema.

Estamos prontos para o consenso responsável. Apoiaremos tudo o que for do interesse das nossas gentes, mas não permitiremos que o actual surto epidémico possa servir de pretexto para o agravamento da exploração e para o ataque aos direitos dos trabalhadores.”

 

Em relação ao concelho sublinham que “tem um tecido económico débil que vai sofrer com os constrangimentos desta quarentena.

Ninguém guia um barco numa tempestade sem prever e se preparar para a bonança. Temos de pensar para além do surto viral. Temos de ser sérios e responsáveis e ter em conta que esta situação vai ter um impacto brutal na economia do concelho.”

 Para os vereadores da CDU, a defesa dos salários e dos direitos é “socialmente justa e necessária para os trabalhadores, sobretudo neste momento em que lhes estão colocadas novas exigências e preocupações, como é também a melhor garantia de travar os impactos negativos actuais e de assegurar a retoma da actividade económica no momento em que esta tormenta passar.” E adiantam que a Câmara Municipal de Moura tem que assumir essas responsabilidades.

 E sublinham o que exigem e defendem a nível nacional e local, como “a garantia da defesa dos postos de trabalho e do rendimento das famílias, valorizando os salários carreiras e profissões.

A aplicação imediata do subsídio de insalubridade, penosidade e risco e a garantia do cumprimento de todas as regras de higiene, segurança e saúde no trabalho com particular atenção para os profissionais de saúde, e todos os trabalhadores em funções públicas concentrados no combate ao vírus, incluindo os trabalhadores da Câmara Municipal de Moura.

A garantia da defesa do tecido económico e empresarial do concelho de Moura.”

Eleitos da CDU preocupados com a recuperação económica da população e dos empresários do concelho de Moura depois de superada a crise criada pelo Covid-19.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
27 31
16 14
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda