GNR com as condições de segurança possíveis
Publicado | 2020-03-18 04:43:39
 
Segundo um comunicado da Associação dos Profissionais da Guarda, (APG) no âmbito do COVID 19, “não é de todo aceitável é que, estando o país em estado de alerta no sentido de evitar a disseminação do COVID-19, os profissionais da GNR que estão na primeira linha da manutenção da paz pública, em circunstâncias tão sensíveis, não possuam os meios de protecção em número suficiente, existindo inclusive indicação para não se usar a máscara, sendo as poucas existentes para entrega a pessoas que de alguma forma estejam em contacto com os profissionais.”
 
O vice Presidente da APG, José Miguel, referiu à Planície que “neste momento estamos numa situação em que os profissionais da Guarda Nacional Republicana estão a desempenhar a sua missão de acordo com aquilo que é possível, com as condições de segurança possíveis.” E acrescenta que “os equipamentos pessoais de segurança não estão completamente a ser distribuídos por todos os efectivos e esta é uma situação que nos preocupa. Se de facto vier a ser instaurado um regime de segurança mais forte, a presença dos efectivos no terreno, vai ter que ser mais acentuada também, e com uma prestação mais activa.”
O comunicado da APG refere ainda que, “os profissionais da GNR sentem-se desrespeitados, pois a publicação do Decreto-Lei que promove o acolhimento dos filhos dos trabalhadores dos serviços essenciais em escolas públicas, em
lado algum impõe esta escolha como regra, motivo pelo qual desde já rejeitamos a forma impositiva como está a ser encarada esta norma.
A APG/GNR está apreensiva e desde já reclama medidas urgentes ao Governo, que priorizem de forma universal o tipo de serviços prestados por esta força de segurança e que, de alguma forma neste processo os profissionais continuem a trabalhar protegidos ou a ver os seus direitos fundamentais violados.”

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
25 25
16 15
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda