Covid-19 - Afinal pode haver casos no Alentejo
Publicado | 2020-03-17 08:23:09
 
Os Coletivos de Os Verdes, dos três distritos do Alentejo (Portalegre, Évora e Beja), estão muito preocupados com a possibilidade da propagação do Coronavirús no Alentejo não ter sido, até agora devidamente detectada. Segundo comunicado dos Verdes “A situação pode não ser tão optimista.” “A realidade pode ser bem diferente!”
 

Segundo nota de imprensa o partido Os Verdes realça que “O que acontece, é que os hospitais destes distritos não tendo meios para fazer as análises “in loco”, estavam, até hoje, dependentes, em caso de suspeita, de submeter o pedido para validação prévia das análises, através da LAM (Linha de Apoio ao Médico). Linha esta, que como já foi várias vezes denunciado por profissionais de saúde, esteve dias a fio completamente entupida.”

O PEV receia que este procedimento frágil e moroso, tenha contribuído para atrasar a detecção de casos de contágio existentes e contribuído para a propagação do vírus.

Adiantado que “Esta imagem de -segurança e imunidade- que tem sido transmitida do Alentejo, e que pode não corresponder à verdade, pode  ter levado as populações a não tomar as devidas precauções e ter levado a êxodo de pessoas em “isolamento” das grandes zonas urbanas, para casa de familiares no Alentejo, aumentando os riscos, sobretudo porque, em geral, estes familiares são pessoas idosas e daí correrem maior risco.”

“Esta situação alterada hoje deixa autonomia local para fazer as análises e dar-lhes o devido encaminhamento permitindo, agora sim, uma detecção real dos casos.” Referiu o comunicado.

A Norma de hoje, também dá novas orientações para estes hospitais se prepararem para o que aí vem, através de Planos específicos.

A toda esta situação acresce, segundo Os Verdes “a falta de profissionais de saúde nos hospitais do Alentejo, já bem conhecida, mas que perante esta pandemia se torna ainda mais gravosa.”

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
41 33
17 15
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda