João Ramos faz retracto do distrito após 4 anos de Governação
Publicado | 2015-07-09 04:21:55
 
O Deputado do PCP na Assembleia da Republica, João Ramos, eleito pelo círculo de Beja apresentou na semana passada as suas conclusões relativamente aos últimos quatro anos do actual Governo português, afirmando que o Baixo Alentejo está mais empobrecido, apesar da afirmação de alguns projectos estruturantes para a região como é o caso de Alqueva.
 
O Deputado destacou os 7.787 desempregados inscritos nos centros de emprego do distrito, mais 434 pessoas desempregadas do que há quatro anos atrás. João Ramos recordou ainda que no último trimestre de 2014 o Alentejo tinha 303.400 pessoas empregadas, menos 22.800 do que em 2011.
Também o número de beneficiários do Complemento Solidário para Idosos baixou no distrito de 5.106 para 4.045, o que se traduz numa redução de 31%. O que quer dizer que em três anos 1.060 idosos, que têm as reformas mais baixas, viram este apoio ser-lhes retirado. Relativamente ao Rendimento Social de Inserção, também aqui se verificou uma redução, na ordem dos 28%.
No que toca aos dados demográficos, o Deputado comunista diz que entre 2011 e 2014 o distrito de Beja perdeu 4.731 residentes. João Ramos conclui dizendo que hoje o distrito de Beja tem menos pessoas, menos empregados, mais inscritos nos centros de emprego e menos apoios para os mais pobres.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
22 23
8 7
 
 

Nome:

Email:

 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda