Cuba - Prémio Literário Fialho d’Almeida tem 13 obras a concurso
Publicado | 2020-03-03 17:07:44
 
A Câmara Municipal de Cuba, a Direcção Regional de Cultura do Alentejo e a Associação Cultural Fialho de Almeida acabam de anunciar os trabalhos que vão ser alvo de escrutínio para a primeira edição do Prémio Literário Fialho d’Almeida.
 
De um total de vinte candidaturas apresentadas, verificou-se que treze cumpriam as condições de admissão ao prémio, tendo sido excluídas sete que não cumpriam os requisitos. A obra vencedora será conhecida em Junho de 2020, em sessão pública marcada para o efeito, em data a anunciar, no Museu Literário Casa Fialho de Almeida.  Recorde-se que esta é a primeira edição deste Prémio, criado em Junho de 2019, fruto de uma parceria entre o Município de Cuba, a Direcção Regional de Cultural do Alentejo e a Associação Cultural Fialho de Almeida. Instituído como homenagem ao escritor, tem por objectivo fomentar o gosto pela leitura e pela escrita, promovendo, defendendo e valorizando a Língua Portuguesa, ao mesmo tempo que se destina também à promoção da criação literária. O anúncio das obras admitidas para o Prémio Literário Fialho d’Almeida acontece, simbolicamente, na semana em que se assinalam os 109 anos da morte do escritor. Tido como uma das figuras mais relevantes da literatura portuguesa, José Valentim Fialho de Almeida nasceu em Vila de Frades a 7 de Maio de 1857 e morreu na vila de Cuba, a 4 de Março de 1911.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
25 25
16 15
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda