Manifestação em Serpa, por uma escola digna
Publicado | 2020-02-12 04:23:41
 
Segundo um comunicado da Câmara Municipal de Serpa, o executivo associou-se à manifestação de descontentamento por parte dos alunos, encarregados de educação, professores e pessoal não docente da Escola Secundária de Serpa.
 
A manifestação, que teve lugar ontem, frente à Escola Secundária, teve como objectivo reforçar os esforços para que o Ministério da Educação avance com as obras.
No documento pode ler-se que a Câmara Municipal de Serpa, considera “inadmissível o adiamento anos após ano, da decisão do Governo sobre a requalificação da Escola Secundária de Serpa, e reforça a sua firme vontade de continuar a fazer todos os esforços para que o Ministério da Educação avance com as obras.”
Salienta ainda a autarquia serpense que “a resolução deste problema é urgente e que, sendo um equipamento da responsabilidade do Ministério da Educação, a entidade deve assumir que a intervenção deve ser considerada como prioritária, assumindo os encargos indispensáveis para a sua requalificação total, dotando-a das condições de funcionamento condignas e absolutamente necessárias para que o princípio do acesso à Escola Pública, em condições de igualdade seja cumprido.”
Recordamos que a Secundária de Serpa, que este ano completa 43 anos, desde 2008 que reclama a realização de obras.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
37 39
15 17
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda