Paulo Arsénio reforça necessidade de infraestruturas e acessibilidades no Baixo Alentejo
Publicado | 2020-02-03 05:02:51
 
O Presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, reuniu com o Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, e o Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, com o objectivo de apresentar ao governo a visão da Câmara Municipal de Beja relativamente aos projectos de infraestruturas e acessibilidades necessárias ao desenvolvimento do concelho de Beja e da região Baixo Alentejo.
 
O edil bejense referiu à Planície que “na sequência da reunião, reforçamos a necessidade de um conjunto de acessibilidades fundamentais para o Baixo Alentejo e para o concelho de Beja, serem executadas dentro da calendarização prevista e se possível antecipadas.
Estamos a falar da ferrovia e rodovia, das obras de conclusão da primeira fase da A26 entre Beja e Sines, e da electrificação da linha ferroviária entre Casa Branca e Beja.
O autarca adiantou ainda que “o que resultou da reunião é que não pode haver qualquer derrapagem dos prazos previstos no PNI. Eventualmente algumas ligações, nomeadamente ferroviárias, neste caso, não incluídas possam vir a sê-lo de forma a fechar a malha ferroviária do Sul do País. Em termos de manutenção, possa haver, uma antecipação das Infraestruturas de Portugal, das intervenções, absolutamente necessárias para a circulação com qualidade e segurança, entre a auto estrada, que vai sair dentro de alguns meses na Malhada Velha e o Município de Beja.”
Autarquia de Beja reforça, assim, a necessidade de serem executadas um conjunto de infraestruturas no Distrito.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
37 39
15 17
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda