Paulo Arsénio reforça necessidade de infraestruturas e acessibilidades no Baixo Alentejo
Publicado | 2020-02-03 05:02:51
 
O Presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, reuniu com o Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, e o Secretário de Estado das Infraestruturas, Jorge Delgado, com o objectivo de apresentar ao governo a visão da Câmara Municipal de Beja relativamente aos projectos de infraestruturas e acessibilidades necessárias ao desenvolvimento do concelho de Beja e da região Baixo Alentejo.
 
O edil bejense referiu à Planície que “na sequência da reunião, reforçamos a necessidade de um conjunto de acessibilidades fundamentais para o Baixo Alentejo e para o concelho de Beja, serem executadas dentro da calendarização prevista e se possível antecipadas.
Estamos a falar da ferrovia e rodovia, das obras de conclusão da primeira fase da A26 entre Beja e Sines, e da electrificação da linha ferroviária entre Casa Branca e Beja.
O autarca adiantou ainda que “o que resultou da reunião é que não pode haver qualquer derrapagem dos prazos previstos no PNI. Eventualmente algumas ligações, nomeadamente ferroviárias, neste caso, não incluídas possam vir a sê-lo de forma a fechar a malha ferroviária do Sul do País. Em termos de manutenção, possa haver, uma antecipação das Infraestruturas de Portugal, das intervenções, absolutamente necessárias para a circulação com qualidade e segurança, entre a auto estrada, que vai sair dentro de alguns meses na Malhada Velha e o Município de Beja.”
Autarquia de Beja reforça, assim, a necessidade de serem executadas um conjunto de infraestruturas no Distrito.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
22 22
8 8
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda