Turismo atingiu resultados históricos - Alentejo em destaque
Publicado | 2020-01-23 04:25:50
 
Segundo informação publicada pelo Governo, o sector do turismo continua a registar crescimentos significativos dos principais indicadores estatísticos, confirmando que 2019 foi um excelente ano turístico, reforçando o contributo do sector para a economia portuguesa.
 
De acordo com os dados divulgados - referentes a Novembro de 2019 - pelo Banco de Portugal, as receitas do turismo atingiram 984 milhões de euros, o que significa um aumento de 9,8% face ao período homólogo. O valor acumulado das receitas do turismo, no montante de 17,1 mil milhões de euros já superou o registado no total do ano de 2018. 
De Janeiro a Novembro de 2019, as exportações do turismo representaram 54,2% das exportações de serviços, um aumento de 2,1 p.p. em relação ao mesmo período do ano anterior.
Por outro lado, os dados da procura no alojamento turístico registam igualmente máximos históricos em Novembro. Os crescimentos de 12,5% do número de hóspedes, +7,2% nas dormidas e +10,2% nos proveitos totais contribuem para valores recorde destes indicadores nos primeiros onze meses de 2019.
 Os dados do Instituto Nacional de Estatística demonstram ainda uma tendência de diversificação de mercados emissores de turistas para Portugal, com especial destaque para os Estados Unidos (+28,5% nos hóspedes) e o Brasil (+13,3%) e, ainda, para aumentos de dois dígitos na Irlanda, Espanha e Bélgica.
 “O Turismo continua a bater recordes e a demonstrar uma capacidade de crescimento de forma sustentável em termos de valor, ao longo de todo o território e ao longo do ano”, comentou a Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, que assinalou a importância de diversificar mercados para que os resultados continuem a atingir novos máximos.
Segundo os dados do INE em Novembro, registaram-se aumentos das dormidas em todas as regiões com excepção da RA Madeira (-6,3%). O Alentejo, o Centro e o Norte destacaram-se com crescimentos de 14,1%, 12,4% e 11,2%, respectivamente. 
Desde o início do ano, são de realçar os acréscimos no Norte (+9,5%), Alentejo (+7,8%) e RA Açores (+6,7%).
Também no que se refere a dormidas de residentes, o Alentejo volta a destacar-se com um crescimento de +18,9%.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
16 12
8 5
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda