IPBeja na Antártida
Publicado | 2020-01-20 05:14:04
 
O Instituto Politécnico de Beja (IPBeja) marca presença na Antártida pela terceira vez consecutiva. Este ano, a equipa da campanha conta com Tânia Correia e Luís Madeira, alunos de doutoramento co-orientados no IPBeja pela Professora Fátima Carvalho.
 
O IPBeja recorda que em 2018 e 2019, as duas campanhas iniciais, realizaram-se  na Base Antártica Búlgara na ilha de Livingston e centraram-se em três áreas nucleares: um projecto piloto educativo de robótica com escolas secundárias (em Portugal e na Bulgária); o teste de sistemas de aquisição de dados ambientais, construídos com "Low Cost hardware", o Arduino e  a captura de imagens de Realidade Virtual para fins educativos . Este ano as acções realizam-se na base Chinesa Great Wall na ilha de King George.
As acções enquadraram-se no Programa Antárctico de Investigação & Educação (PAIE), um programa interdisciplinar que está a ser desenvolvido com a colaboração de docentes da ESTIG, ESSE e ESAB, e que envolve alunos da licenciatura de Eng. Informática e do Mestrado em Eng. do Ambiente.
Segundo o IPBeja, um dos objectivos do Programa é envolver alunos num processo de aprendizagem em contexto de investigação - investigação orientada, “e adianta que “esta parceria já permitiu a participação de alunos em conferências internacionais através de posters e comunicações orais, contribuindo para o enriquecimento do seu currículo académico.”
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
21 20
12 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda