Governo propõe criação do PROTransP para as comunidades intermunicipais
Publicado | 2020-01-16 04:52:44
 
O Ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes, afirmou que os pilares da acção climática para 2020 congregam os três verbos que resumem a Cimeira de Paris: “Adaptar, mitigar e sequestrar»”.
 
Na Assembleia da República, na discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2020, o Ministro destacou as apostas na “descarbonização, transição energética, mobilidade sustentável, valorização do capital natural e na procura de uma economia cada vez mais circular”, dentro de uma abordagem integrada que vai das ações mais concretas ao pensamento e planeamento.
Matos Fernandes enumerou também os objetivos do sector que contribuirão para “a eliminação progressiva dos subsídios perversos, os instrumentos para a descarbonização, a mobilidade sustentável, o Programa de Apoio à Redução Tarifária dos Transportes Públicos e o Programa de Apoio à Densificação e Reforço da Oferta de Transporte Público”.
Por último o ministro propôs a criação do PROTransP para apoiar as comunidades intermunicipais, com uma verba até 15 milhões de euros através do Fundo Ambiental, para o reforço e aumento da oferta de transportes públicos coletivos, privilegiando as zonas onde a penetração destes modos de transportes é mais reduzida e onde o potencial de ganhos de procura ao automóvel é superior.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
16 12
8 5
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda