Casos de gripe com tendência a aumentar
Publicado | 2019-12-19 04:58:14
 
Segundo a Direcção Geral de Saúde, (DGS), Portugal está na fase epidémica da actividade gripal, estimando-se que o pico seja atingido entre a última semana do ano e a primeira semana de 2020.
 
A evolução da actividade gripal não é uniforme em todo o País e tem repercussões na procura de cuidados de saúde. 
Assim, a Direcção-Geral da Saúde recomenda:
Vacine-se contra a gripe. A vacina deve ser administrada, preferencialmente, até ao final do ano e é a principal medida de prevenção contra a gripe. Tem como objectivo proteger as pessoas mais vulneráveis, prevenindo a doença e as suas complicações. 
Siga as recomendações do seu médico assistente, garantindo a toma adequada da medicação e o controlo de doenças crónicas; 
Não corra para as urgências. Ligue para o Centro de Contacto SNS 24 (808 24 24 24) ou para o INEM, em caso de doença grave. O SNS 24 aconselha, orienta e acompanha.
Em autocuidado, siga as indicações dos profissionais de saúde. Não tome antibióticos sem indicação médica.
Hidrate-se, ingerindo água, tisanas, sopas e bebidas quentes, evitando o consumo de álcool.
Evite a exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura.
Mantenha o corpo quente, utilizando várias camadas de roupa e protegendo as extremidades (luvas, gorro, cachecol, meias e calçado quente), especialmente quando estiver no exterior, seja em lazer, trabalho ou em situação de sem-abrigo.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
13 14
7 6
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda