Resolvido impasse das medidas agro-ambientais em 2020
Publicado | 2019-12-18 04:59:07
 
A Confederação dos Agricultores de Portugal emitiu um comunicado em que adianta congratular-se com a garantia dada pela Ministra da Agricultura, Maria do Céu Albuquerque, de que as medidas agroambientais serão totalmente apoiadas pelo Programa de Desenvolvimento Rural no próximo ano.
 
O anúncio do prolongamento da “totalidade das medidas agroambientais em 2020”, que permite “uma transição entre o actual e o próximo período de programação”, foi feito pela Ministra da Agricultura, no âmbito da sua participação no Conselho Europeu de Agricultura e Pescas, em Bruxelas, que discute o pacote de reforma da Política Agrícola Comum (PAC) após 2020.
Pela importância que estas medidas assumem para a Agricultura e para os Agricultores portugueses, uma vez que apoiam práticas agrícolas que asseguram a sustentabilidade e o equilíbrio dos ecossistemas naturais, sobretudo em zonas mais desfavorecidas e de pequena propriedade, a CAP manifesta assim “a sua enorme satisfação pela decisão anunciada e pelo empenho determinado da Ministra da Agricultura na resolução de um problema que impunha ao sector agrícola um corte na ordem dos 20 milhões de euros em 2020.”
Segundo a Confederação “num contexto em que o combate às alterações climáticas é urgente, a Agricultura assume um papel preponderante na agenda da descarbonização, pelo que o diálogo institucional entre Agricultores e Decisores é determinante na defesa de um sector mais inovador, amigo do ambiente e sustentável.”
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
21 20
12 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda