Rendimento da Actividade Agrícola deverá aumentar 5,8% em 2019
Publicado | 2019-12-17 04:55:18
 
De acordo com a primeira estimativa das Contas Económicas da Agricultura (CEA) para 2019, o Rendimento da actividade agrícola, em termos reais, por unidade de trabalho ano (UTA), deverá registar um aumento de 5,8%, em consequência dos acréscimos perspectivados para o Valor Acrescentado Bruto (VAB) (+4,4%) e para os Outros subsídios à produção (+6,0%), enquanto o Volume de mão-de-obra agrícola se deverá reduzir 1,8%.
 
Segundo os dados do Instituto Nacional de Estatística, esta primeira estimativa no que se refere à produção de vinho, apesar da heterogeneidade de condições a nível regional, estima-se que a produção se mantenha ao nível do ano anterior, antecipando-se a obtenção de vinhos com um bom equilíbrio entre álcool e acidez.
Quanto à produção de azeite, é expectável, para o ano civil 2019, um acréscimo de produção em volume (+0,9%), em resultado da conjugação da baixa produção da campanha anterior (2018/2019) com a excelente produção da campanha em curso (2019/2020). Ainda que escassa, a ocorrência de precipitação em Outubro beneficiou os olivais tradicionais de sequeiro (que ainda representam a maioria da área total desta cultura), verificando-se um aumento do calibre da azeitona. Nos olivais de regadio, a gestão equilibrada dos recursos hídricos garantiu a disponibilidade de água até ao final da campanha de rega, o que permitiu um aumento da produtividade da azeitona para azeite face à campanha anterior. O preço do azeite deverá registar uma diminuição ligeira (-0,6%).
A produção de suínos, em volume, deverá manter-se próxima dos valores de 2018. Apesar de alguma redução do consumo interno, os preços têm aumentado devido ao acréscimo das exportações de animais. De facto, a procura de porcos para abate pelos diversos mercados do Sudeste Asiático tem aumentado devido aos graves problemas de Peste Suína Africana, ocorridos nesta região, que conduziram a um abate forçado de animais e a uma consequente escassez na oferta, situação que originou um aumento dos preços (+10,2%).

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
21 20
12 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda