PCP propõe medidas urgentes sobre “as alterações climáticas – a seca e seus impactos na Região”
Publicado | 2019-11-24 16:00:54
 
A Direcção regional do Alentejo do PCP, (DRA), numa nota de imprensa enviada à nossa redacção reafirma que “com a persistência de períodos de seca com a consequente escassez de água e a ausência de medidas para minimizar as consequências quer no plano imediato, quer em termos de preparação para o futuro, se impõe, a urgência em se tomar medidas excepcionais para a situação excepcional que vivemos. “
 
José Maria Pós-de-Mina da DRA referiu que “o PCP pretende chamar a atenção para os problemas da seca, visto que as nossas albufeiras estão muito fracas de disponibilização em termos de água. Há necessidade que sejam tomadas medidas para que possamos enfrentar este problema , nomeadamente a nível da ligação entre vários empreendimentos e entre as várias barragens, na criação de uma rede de infraestrutura hidráulica que nos permita ter melhores condições para responder áquilo que são as necessidades.”
A DRA do PCP, denuncia que apesar dos períodos de seca serem recorrentes, “a verdade é que as declarações gerais e promessas inúmeras vezes repetidas por parte de responsáveis governamentais quer de governos do PS, quer do PSD e CDS, não tem tido correspondência em medidas concretas para minimizar os problemas verificados e para tomar as medidas estruturais necessárias.”
A nota adianta ainda que tem que existir respeito pela gestão pública da água, bem essencial e escasso.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
16 16
11 11
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda