Balanço a meio do mandato: União de Freguesias de Safara e Santo Aleixo da Restauração
Publicado | 2019-11-13 02:50:55
 
A Lei n.º 11-A/2013 de 28 de Janeiro intitulada de “Reorganização administrativa do território das freguesias” extinguiu a freguesia de Santo Aleixo da Restauração no Concelho de Moura e integrou o seu território na nova freguesia criada e denominada União das Freguesias de Safara e Santo Aleixo da Restauração.
 
Francisco Candeias é o presidente da União de Freguesias, eleito pelo Partido Socialista, que em entrevista à Planície afirmou que estes dois anos não tem sido fáceis.
“O balanço infelizmente, não é aquele que eu estava à espera. Não tem sido fácil, a burocracia, a falta de dinheiro, é muito complicado.
Abrimos este ano um concurso para arranjos de 3 ruas em cada terra, cujos trabalhos irão agora começar.”
Em relação às dificuldades, o presidente da Junta sublinhou que “há o grave problema em Stº Aleixo, que não tem fim à vista, que é o estado de degradação em que a igreja se encontra. A Câmara tem sido uma nossa aliada na resolução do problema, mas não tem sido fácil. Em Safara também há um problema que não tem fim à vista, que é o abastecimento de água. Safara tem a rede de águas mais antiga do concelho. São roturas, atrás de roturas e as pessoas não tem pressão.”
Santo Aleixo da Restauração é a localidade que mais dista da sede do concelho (cerca de 27 Km) e faz fronteira com Espanha.
União de Freguesias de Safara e Santo Aleixo da Restauração tem 237,20 km² de área onde se inclui a herdade da Contenda e 1 871 habitantes segundo os censos de 2011.  
A entrevista vai passar na integra na rádio Planície hoje às 12h e às 19h.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
16 16
11 11
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda