Petição - Eletrificação e Modernização da Linha do Alentejo
Publicado | 2019-10-21 04:21:34
 
A Comissão Dinamizadora de AMAlentejo apresenta e apela á subscrição da Petição Pública, pela electrificação e modernização da Linha do Alentejo, para permitir velocidades elevadas de 250 Km/hora, possíveis com o recurso aos comboios Alfa Pendular.
 
José Soeiro da AMALentejo sublinhou que “esta petição procura dar centralidade a uma das reivindicações da Plataforma Alentejo. A linha ferroviária do Alentejo entre Casa Branca e Funcheira é a espinha dorsal de todo este projecto de Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo. Havendo, como houve, em Julho, por parte de todos os partidos com assento na Assembleia da República, uma posição favorável, importa acentuar esta questão. É muito importante, não apenas para o Alentejo, mas para o país, que a electrificação e a modernização da linha se concretize.”
“O Alentejo não pode deixar de ser território de objectivo 1, e Portugal não pode perder a oportunidade, única, de fazer estes investimentos com comparticipações de 85% a fundo perdido, garantidos pelos fundos de coesão europeus.” Diz José Soeiro.
Os signatários da petição consideram que “a electrificação e modernização de toda a Linha do Alentejo é a coluna vertebral da Estratégia Integrada de Acessibilidade Sustentável do Alentejo... e que o esforço financeiro exigido para a sua concretização é ridículo, atendendo a que o Alentejo ainda beneficia de financiamentos a 85% a fundo perdido. 
Pode-se aceder à petição através do link que se encontra no site da AMALentejo.  
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
12 13
5 3
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda