GNR esclarece que não vão ser encerrados postos no distrito de Beja
Publicado | 2019-10-08 04:00:08
 
Segundo um comunicado da Guarda Nacional Republicana, o Destacamento Territorial de Moura, que abrange o concelho de Serpa informa que “na sequência de notícias que têm vindo a público, que dão conta do eventual encerramento de postos no distrito de Beja, em particular no concelho de Serpa, que tem mantido o seu efectivo, sem oscilações, nos últimos quatro anos, dispondo actualmente de 116 militares, o mesmo número que em 2018.”
 
O comunicado refere ainda que “na área do distrito de Beja, ficaram à responsabilidade da Guarda Nacional Republicana (GNR), através da Unidade de Emergência Protecção e Socorro (UEPS), os Centros de Meios Aéreos de Moura e de Ourique, com um efectivo de 17 militares cada, com o qual é assegurado o reforço do patrulhamento na área do distrito de Beja.”
No documento pode-se ainda ler que “não têm qualquer fundamento as notícias colocadas a circular sobre o encerramento de Postos Territoriais na área do distrito. Destaca-se, aliás, no último ano, a distribuição de viaturas novas aos Postos de Moura, Serpa e Vila Nova de São Bento, o que permitiu o reforço do parque automóvel de outros postos, como foi o caso do Posto de Vila Verde de Ficalho, através da reafectação de viaturas.”
O Comando da Guarda reitera que está completamente fora de questão o encerramento de qualquer posto. 
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
17 15
10 7
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda