Inicia hoje uma greve nacional contra o amianto nas escolas
Publicado | 2019-10-03 04:08:20
 
O Sindicato de Todos os Professores (S.TO.P.) inicia hoje uma greve nacional que irá durar 15 dias exigindo a retirada de amianto das escolas.
 
O Sindicato salienta que “é um grave problema de saúde pública e ambiental: exigimos respeito pela nossa e a saúde dos nossos alunos.”
Sobre o lema a Escola é um local para aprender, não para adoecer/morrer, o STOP  sublinha que “ há cerca de 100 escolas onde o amianto continua a ser um problema para alunos, professores, funcionários e até pessoas que vivem nas proximidades.” Assim a partir de hoje tem início “uma forma de luta inovadora para exigir que se retire o amianto das escolas onde todos os dias, milhares de alunos, funcionários, técnicos, psicólogos e professores estão expostos a esta substância comprovadamente cancerígena”, acrescenta o Sindicato. 

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
12 13
5 3
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda