Queixa-crime contra o presidente do Ateneu Mourense devido a furto de dez mil euros da colectividade
Publicado | 2019-09-27 05:53:49
 
Em comunicado, da Mesa da Assembleia Geral do Ateneu Mourense, chegado hoje à nossa redação, com a data de 25 de Fevereiro de 2019, dá conta que foi detectada a falta de dez mil euros na conta desta instituição.
 

Conforme o documento refere “foi detectada a falta de dez mil euros na conta do Ateneu. Logo após termos conhecimento de tal facto, confrontámos, no dia 13 do corrente mês, o Sr. Presidente da Direcção que assumiu ter sido responsável pelo desaparecimento da referido quantia.

Nessa mesma data, apresentou a sua demissão e assumiu que foi o autor da retirada de dez mil euros, o que, como é evidente, constitui furto e abuso de confiança, pelo que vai ser apresentada a respectiva queixa-crime.

Ao ser confrontado com a falta de dinheiro que imediatamente confessou, pediu uma semana para regularizar a situação o que aceitamos na esperança de poder reaver a quantia em causa. Infelizmente não cumpriu com aquilo a que se comprometeu.

Para além do procedimento criminal que vamos despoletar, importa analisar a situação financeira em que o Atneu se encontra e procurar resolver a atenuar o problema, o que será feito em Assembleia Geral Extraordinária a ser convocada imediatamente.”

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
19 14
8 7
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda