Mineração Antiga na Faixa Piritosa Ibérica – Hoje em Beja
Publicado | 2019-09-26 04:56:49
 
O Núcleo Museológico da Rua do Sembrano, em Beja, continua a ser palco das conferências integradas no ciclo “Sob a Terra e as águas, porque há sempre novas histórias para contar”, promovidas pela EDIA em parceria com a Câmara Municipal de Beja e Direção Regional de Cultura do Alentejo, com o apoio da Associação para a Defesa do Património Cultural da Região de Beja, fruto dos trabalhos de arqueologia promovidos durante a construção do Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.
 
A conferência marcada para hoje, dia 26 de setembro, tem como tema central “A Mineração Antiga na Faixa Piritosa Ibérica” e terá como orador convidado o Professor Juan Aurelio Pérez Macías, Investigador e Arqueólogo da Universidade de Huelva. 
A Península Ibérica era uma terra abundante em minerais. Nas zonas geológicas do Sudoeste têm incidência duas formações, denominadas Zona Sul Portuguesa e Zona de Ossa-Morena.
A sua riqueza mineira foi avaliada em mais de 100 jazidas com possibilidades de exploração industrial.
Esta conferência apresentará um resumo dos sistemas de exploração e quais os metais extraídos na época romana nestas minas do Sudoeste Peninsular, com especial destaque para as situadas na Zona Sul Portuguesa (Faixa Piritosa).
A conferência terá início às 21h30 e a entrada é livre.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
14 12
8 5
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda