“Atitude antidemocrática” É a acusação da CDU ao presidente da Autarquia de Beja
Publicado | 2019-09-23 04:56:41
 
Os comunistas, em nota de imprensa, vem denunciar a atitude antidemocrática, do Presidente da Câmara Municipal de Beja, Paulo Arsénio, ao recusar o contacto com os trabalhadores da autarquia, no passado dia 19 de Setembro no âmbito da campanha eleitoral.
 
“A CDU não consegue perceber esta atitude, tendo sido a única câmara do
distrito a recusar o contacto com os trabalhadores, situação essa que levou à
apresentação de uma queixa à CNE (Comissão Nacional de Eleições).
Esta atitude antidemocrática por parte do presidente da autarquia bejense, que
simultaneamente é o mandatário distrital do Partido Socialista às eleições
legislativas é incompreensível e atenta contra a liberdade de propaganda política,
consagrada na constituição portuguesa, sendo um muito mau exemplo para um
mandatário de uma candidatura política.” Pode ler-se na nota de imprensa. 

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
17 19
7 9
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda