Aliança aposta forte em Moura e quer reabrir ramal ferroviário
Publicado | 2019-09-16 04:44:17
 
O Partido Aliança, que em Outubro se estreia na disputa eleitoral para a Assembleia da República, faz uma “aposta histórica” em Moura, ao incluir na sua lista dois candidatos residentes neste concelho.
 
Alda Pires, de 52 anos, residente na Amareleja e Jorge Valente, de 72 anos, residente em Moura, são os dois nomes apresentados pelo partido liderado por Pedro Santana Lopes.
Jorge Valente em declarações à Planície sublinha que “É lamentável que nenhuma outra força política tenha reconhecido a importância de Moura no panorama distrital, o que é um sinal preocupante, evidenciando o desinteresse que terão nos próximos quatro anos na apresentação de propostas para o desenvolvimento social e económico deste concelho”. 
Às eleições legislativas de 6 de Outubro concorrem 17 partidos no distrito de Beja, sendo o Aliança o único a incluir candidatos residentes em Moura.
Apostado no relançamento da ferrovia como factor desenvolvimento económico e coesão territorial, o Aliança incluiu no seu programa eleitoral a reabertura do Ramal de Moura. ”É uma obra fundamental, não só para o tráfego de passageiros mas, sobretudo, para a movimentação de cargas. É impensável, com o crescimento da agricultura provocado pelos novos regadios de Alqueva e pelas agroindústrias que lhe estão associadas, que no seu pico de produção estas mercadorias se movimentem por estrada”, salientou Jorge Valente. “Seriam filas intermináveis de veículos pesados, com o aumento exponencial de risco para a circulação rodoviária”, acrescentou.
A lista do Aliança no distrito de Beja é liderada por António Cortez de Lobão, arquitecto e mestre em Ordenamento do Território, que reside em Serpa, onde mantém uma exploração agrícola familiar, centrada na produção tradicional de azeitona galega e porco preto. É um defensor intransigente para que se complete o regadio que está previsto no projecto do Alqueva, regadio esse que falta implantar em Moura, concelho com mais terras margeando a albufeira existente.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
17 19
7 9
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda