CDS questiona Ministro da Educação sobre as obras em escolas de Serpa
Publicado | 2019-08-16 04:08:45
 
Os deputados do CDS-PP questionaram o Ministro da Educação sobre a realização de obras na Escola Secundária de Serpa e na EB 2,3 de Vila Nova de São Bento.
 
Na pergunta dirigida à tutela, os deputados do CDS-PP querem saber, mantendo-se o estado de degradação da Escola Secundária de Serpa, quando vai o Ministério tomar as necessárias medidas à resolução do problema, se vai ser feita alguma intervenção na Escola Secundária de Serpa e, se sim, de que tipo e quando. A mesma questão foi colocada em relação à Escola EB 2,3 de Vila Nova de São Bento.  
A deputada do CDS Patrícia Fonseca sublinhou que “de facto o CDS questionou o ministro sobre a falta de obras na Escola Secundária de Serpa, (ESS) porque já em 2017 nós  tínhamos questionado o ministério até na sequência de noticias sobre o estado de degradação da escola. O que acontece é que passados 2 anos, apesar de ter havido resposta que a Escola seria para intervencionar, nós verificámos que nada foi feito.”
O comunicado do CDS sublinha que já em 2017 “a ESS frequentada por 400 alunos do 7.º ao 12.º ano, não tinha aquecimento e chovia em muitas salas de aula. Os alunos levavam mantas para as salas de aula, tal era o frio que se fazia sentir no interior do edifício e a chuva levantava preocupações com a segurança devido a um possível curto-circuito.”
O CDS acrescenta que “desta vez também, com a Escola EB 2, 3 de Vila Nova de São Bento, que tem mais de 30 anos apresenta um elevado estado de degradação, a Autarquia defende que deveria ser considerada pelo Ministério da Educação com necessidade de intervenção prioritária.”
Condições das Escolas de Serpa levantam preocupações devido à falta de obras.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
17 15
10 7
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda