Quercus quer declaração de estado de emergência climática para o Alentejo
Publicado | 2019-08-12 04:37:57
 
O presidente da associação ambientalista Quercus, Paulo do Carmo, referiu a necessidade de ser declarado o estado de emergência climática para o Alentejo, de modo a combater a desertificação.
 
Para combater as alterações climáticas, o presidente da Quercus defendeu que deve haver um trabalho conjunto com o Estado e as autarquias, reiterando que se deve fazer mais pela floresta.
De acordo com o dirigente, é preciso apostar na reflorestação da zona e olhar de forma diferente para o montado.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
35 35
16 18
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda