Sindicato dos Enfermeiros Portugueses com petição para pressionar Assembleia da República
Publicado | 2019-08-09 04:23:39
 
O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses pôs a circular nos últimos dias duas petições para pressionar a Assembleia da República a discutir a justa contagem de pontos a todos os enfermeiros, independentemente do vínculo, bem como a realização de mudanças essenciais na carreira agora publicada.
 
Edgar Santos, da Delegação do Alentejo do SEP, que realizou a petição esta semana no Hospital de Beja sublinhou que o “objectivo é angariar 4 mil assinaturas a nível do País, para entregar na Assembleia da República e assim obrigar os parlamentares a agendar a discussão daquilo que nós continuamos a entender ser uma injustiça.”
Sobre o desbloqueamento de 10 vagas para enfermeiros na ULSBA, Edgar Santos acrescenta que “tivemos uma reunião com o conselho de Administração da ULSBA, sabíamos que iam ser desbloqueadas 10 vagas, mas continuamos a dizer que é insuficiente, o número que seria suficiente seria de 50 enfermeiros.”
Recordamos que o Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo tem autorização para contratar 10 enfermeiros, 22 assistentes operacionais e oito assistentes técnicos.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
22 20
9 12
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda