Urgências de Beja com falta de enfermeiros
Publicado | 2019-08-06 04:10:29
 
Segundo a Bastonária Ana Rita Cavaco, que visitou o Hospital de Beja, os enfermeiros estão numa situação de exaustão “por falta de profissionais, chegando a trabalhar 16 horas seguidas e a cumprir 70 horas de trabalho semanal, quando os horários deveriam ser de 35 horas.”
 
A Ordem detectou ainda profissionais com 59 folgas por gozar só no período deste verão e enfermeiros que fazem "consecutivamente 16 horas seguidas", entrando às 08:00 e saindo à meia-noite.
"É uma equipa extremamente cansada e com muitos atestados [baixas] por exaustão. Os enfermeiros estão numa situação de sobrecarga horária e Beja é o exemplo mais recente. Não trabalham só 35 horas por semana, trabalham 70 horas e por vezes mais", lamentou Ana Rita Cavaco.
O Governo anunciou, neste início de semana, a autorização à contratação de mais de 552 enfermeiros para os hospitais do Serviço Nacional de Saúde, de forma a cobrir as necessidades da passagem, há um ano, das 40 para as 35 horas de trabalho semanais dos profissionais de enfermagem.
O Governo autorizou a contratação de 1 442 trabalhadores para os hospitais do Serviço Nacional de Saúde, que podem dar início aos procedimentos para celebrar contractos sem termo com 552 enfermeiros, 162 assistentes técnicos e 710 assistentes operacionais, através de despacho conjunto das áreas de Governo das Finanças e da Saúde.
O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos, afirmou, que, com esta contratação «fica definitivamente reposta a capacidade que tinha sido afectada com a passagem para as 35 horas» de trabalho semanal.
Contudo, a Ordem dos Enfermeiros já veio considerar que este número é claramente insuficiente e que nem sequer acaba por cobrir os 700 enfermeiros que ficaram por contratar há um ano, quando em Julho de 2018 se deu a segunda passagem ao regime das 35 horas.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
18 18
7 8
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda