Urgências de Beja com falta de enfermeiros
Publicado | 2019-08-06 04:10:29
 
Segundo a Bastonária Ana Rita Cavaco, que visitou o Hospital de Beja, os enfermeiros estão numa situação de exaustão “por falta de profissionais, chegando a trabalhar 16 horas seguidas e a cumprir 70 horas de trabalho semanal, quando os horários deveriam ser de 35 horas.”
 
A Ordem detectou ainda profissionais com 59 folgas por gozar só no período deste verão e enfermeiros que fazem "consecutivamente 16 horas seguidas", entrando às 08:00 e saindo à meia-noite.
"É uma equipa extremamente cansada e com muitos atestados [baixas] por exaustão. Os enfermeiros estão numa situação de sobrecarga horária e Beja é o exemplo mais recente. Não trabalham só 35 horas por semana, trabalham 70 horas e por vezes mais", lamentou Ana Rita Cavaco.
O Governo anunciou, neste início de semana, a autorização à contratação de mais de 552 enfermeiros para os hospitais do Serviço Nacional de Saúde, de forma a cobrir as necessidades da passagem, há um ano, das 40 para as 35 horas de trabalho semanais dos profissionais de enfermagem.
O Governo autorizou a contratação de 1 442 trabalhadores para os hospitais do Serviço Nacional de Saúde, que podem dar início aos procedimentos para celebrar contractos sem termo com 552 enfermeiros, 162 assistentes técnicos e 710 assistentes operacionais, através de despacho conjunto das áreas de Governo das Finanças e da Saúde.
O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos, afirmou, que, com esta contratação «fica definitivamente reposta a capacidade que tinha sido afectada com a passagem para as 35 horas» de trabalho semanal.
Contudo, a Ordem dos Enfermeiros já veio considerar que este número é claramente insuficiente e que nem sequer acaba por cobrir os 700 enfermeiros que ficaram por contratar há um ano, quando em Julho de 2018 se deu a segunda passagem ao regime das 35 horas.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
16 16
11 11
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda