Militares estão no terreno para prevenção de incêndios
Publicado | 2019-07-31 03:58:12
 
Face à subida acentuada das temperaturas, 24 patrulhas das Forças Armadas (16 do Exército e 8 da Marinha), num total de 96 militares, vão reforçar até ao próximo dia 1 de Agosto, as acções de vigilância terrestre e patrulhamento dissuasor em 10 distritos de Portugal Continental, em apoio à Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) na prevenção de incêndios.
 
Este reforço surge no seguimento do pedido da ANEPC ao Estado-Maior-General das Forças Armadas, com o objectivo de incrementar as acções de prevenção um pouco por todo o país, com especial incidência nos distritos de Beja, Castelo Branco, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém e Setúbal.
Os militares das Forças Armadas irão ser empenhados em operações de vigilância terrestre mas, em caso de necessidade, poderão ser empenhados em acções de pós rescaldo ou de apoio geral às operações de protecção e socorro que possam vir a ser desencadeadas.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
21 21
13 10
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda