Círculo de Silêncio contra a pobreza alimentar hoje em Beja
Publicado | 2019-07-25 06:10:02
 
A Cáritas Diocesana de Beja organiza hoje às 17h30 nas Portas de Mértola o Circulo de Silêncio contra a pobreza alimentar. Segundo a Caritas, metade dos alimentos que produzimos no mundo é desperdiçada e nem chega às nossas mesas.
 

Actualmente em Portugal e de acordo com o estudo do Instituto de Saúde Pública da Universidade do Porto (ISPUP) “um em cada nove jovens adultos portugueses, com 26 anos, vive num agregado familiar com insegurança alimentar, ou seja, acesso limitado ou incerto a alimentos adequados e seguros para a alimentação diária, correspondendo a 11% dos jovens adultos. Na nossa diocese são centenas as IPSS e outras organizações que acodem, confeccionam e distribuem alimentos e refeições a muitas famílias e pessoas em situação de insuficiência alimentar. O actual modelo de produção, oferta, distribuição e consumo de alimentos tem sido incapaz de resolver os problemas de soberania e segurança alimentar da população. O desperdício de alimentos enfraquece a economia, torna as empresas menos competitivas, aumenta os gastos das famílias e força as autoridades públicas a alocar recursos para administrar os excedentes e as perdas de alimentos que poderíamos ter aproveitado. Esta não é uma questão de caridade ou beneficência, trata-se de que toda pessoa em situação de fome ou desnutrição é um caso de violação dos Direitos Humanos.”

O evento conta com a parceria da Câmara Municipal de Beja, Rede Social, Núcleo de Beja da Rede Europeia Anti-Pobreza, Santa Casa da Misericórdia de Beja, a associação Aris da Planicie e o Centro Social do Bairro da Esperança. 

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
15 17
6 7
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda