Autarquia de Serpa preocupada com falta de médico de família em Pias
Publicado | 2019-07-11 04:48:22
 
Em comunicado a Câmara Municipal de Serpa mostra-se preocupada com a situação da não substituição do médico de família no Centro de Saúde de Pias.
 
A autarquia esclarece que “São 1447 utentes que, desde maio, não têm acesso a cuidados básicos de saúde. Assim que a Câmara teve conhecimento da situação enviou um ofício ao Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), solicitando esclarecimentos com carater de urgência, mas até ao momento não houve resposta.”
A Câmara foi informada pela Junta de Freguesia de Pias, no dia 13 de junho, num ofício dando conta de que não havia médico de família, na sequência da aposentação da médica que acompanhava os doentes.
Ao que o Município apurou “esta médica não foi substituída, pelo que os utentes estão sem médico de família, sem consultas médicas e sem que os seus exames já realizados sejam vistos por um profissional. Há inclusivamente confirmação de que as grávidas de Pias não serão acompanhadas na localidade.”
A autarquia enviou, no dia 19 de junho, um ofício dirigido ao Conselho de Administração da ULSBA, solicitando esclarecimentos, ao qual ainda não teve resposta.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
36 35
17 17
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda