PSD quer um plano de combate à desertificação territorial e de combate à seca
Publicado | 2019-07-01 06:51:38
 
O PSD apresentou um projecto de resolução sobre a criação de um plano de combate à desertificação territorial e de combate à seca.
 

A deputada eleita por Beja, Nilza de Sena sublinhou que “nós temos assistido a um ano em que mais uma vez temos restrições de água, motivadas pelas baixas precipitações durante todo o inverno e Primavera. É um facto que chegados ao final de Junho choveu muito pouco em todo o Distrito de beja, o que significa que vamos entrar no Verão com uma seca que já é muito significativa. É com essa preocupação que são precisas medidas imediatas e de fundo, porque muitos agricultores tem dificuldade já no abeberamento de alguns animais.”

A parlamentar acrescentou que “ficamos muito desapontados com o sr. Ministro, que quando confrontado com esta situação, veio dizer que as perdas não eram significativas, ainda não era altura de pensar em medidas.

Nós pensamos precisamente o contrário. Estamos a entrar numa fase em que sabemos que o distrito tem regiões que atingem temperaturas muito elevadas, em que os campos estão secos, que já há dificuldades de alimentar os animais, mas sobretudo dos mesmos beberem.”

Nilza de Sena salienta que “são precisas medidas imediatas e medidas de fundo. As últimas respostas do ministro ficaram uma vez mais aquém do expectável e do desejável para evitar perdas a nível económico, social e ambiental”.

É fundamental avançar para medidas como “a isenção excepcional do pagamento da TRH no sector agrícola; implementar a sazonalidade nos contractos de electricidade; acelerar ligações de Alqueva a algumas albufeiras; direccionar o fundo ambiental para associação de regantes e agricultores em ações que contrariem o abandono territorial”.

Na área do montado PSD pretende que o Governo adopte medidas que contrariem o avanço da desertificação da região Alentejo, começando por apoiar medidas de adensamento dos Montados a sul e acções de incorporação de matéria orgânica no solo. Através da medida 815 do PDR 2020.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
33 35
13 16
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda