Olival - Agricultores não reconhecem à EDIA competência
Publicado | 2019-06-26 04:55:22
 
A FAABA-Federação das Associações de Agricultores do Baixo Alentejo emitiu um comunicado sobre o facto de o Ministro da Agricultura, Capoulas Santos querer acabar com os apoios à instalação de olival, bem como à agroindústria associada no perímetro de rega do Alqueva.
 
Na nota de imprensa enviada às redacções, a FAABA salienta  que “o ministro sempre apoiou o sector, quer pública, quer particularmente, que sempre discordou das vozes alarmistas, mal informadas e desconhecedoras da cultura, que têm dito e proclamado os maiores disparates sobre a olivicultura, vem agora, de repente, anunciar que não haverá mais ajudas, neste quadro comunitário, para apoiar a fileira olivícola!” E adianta que “se não acreditasse na importância e na continuidade do sector, não teria consentido na abertura de mais um concurso para a olivicultura, que terminou há bem poucos dias (07/06/2019)”. A Federação considera que esta decisão é no mínimo estranha e, não reconhece à EDIA “competência técnico-científica (têm-na noutras áreas) para apresentar um estudo que permita avaliar sobre continuidade da mancha de olival”.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
15 17
6 12
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda