Alargamento de trabalho suplementar a trabalhadores do INEM
Publicado | 2019-06-18 04:32:54
 
O Governo aprovou em Conselho de Ministros, uma resolução que autoriza a realização de trabalho suplementar para lá do limite legalmente estabelecido aos trabalhadores do INEM durante a época dos fogos rurais.
 
Durante os próximos meses, os profissionais poderão prestar trabalho suplementar até ao limite de 80% da sua remuneração base, em vez dos actuais 60%. Esta é uma situação com carácter excepcional e limitada no tempo, que visa garantir uma resposta eficaz e o pronto socorro das populações em caso de necessidade. 

O mecanismo está previsto na Lei de Orçamento do Estado para 2019.

A medida teve inicio no passado dia 14 de Junho, terminando a 31 de Outubro. Esta alteração insere-se na Directiva Operacional Nacional n.º 2 - Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR).
No âmbito do DECIR, o INEM tem como atribuições a coordenação de todas as actividades de saúde em ambiente pré-hospitalar, a triagem e evacuações primárias e secundárias, a referenciação e transporte para as unidades de saúde adequadas, entre outras.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
15 17
6 12
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda