Alargamento de trabalho suplementar a trabalhadores do INEM
Publicado | 2019-06-18 04:32:54
 
O Governo aprovou em Conselho de Ministros, uma resolução que autoriza a realização de trabalho suplementar para lá do limite legalmente estabelecido aos trabalhadores do INEM durante a época dos fogos rurais.
 
Durante os próximos meses, os profissionais poderão prestar trabalho suplementar até ao limite de 80% da sua remuneração base, em vez dos actuais 60%. Esta é uma situação com carácter excepcional e limitada no tempo, que visa garantir uma resposta eficaz e o pronto socorro das populações em caso de necessidade. 

O mecanismo está previsto na Lei de Orçamento do Estado para 2019.

A medida teve inicio no passado dia 14 de Junho, terminando a 31 de Outubro. Esta alteração insere-se na Directiva Operacional Nacional n.º 2 - Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR).
No âmbito do DECIR, o INEM tem como atribuições a coordenação de todas as actividades de saúde em ambiente pré-hospitalar, a triagem e evacuações primárias e secundárias, a referenciação e transporte para as unidades de saúde adequadas, entre outras.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
30 34
14 13
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda