GNR iniciou Operação “Smartphone, Smartdrive”
Publicado | 2019-05-08 04:55:40
 
Até ao dia 12 de Maio, a Guarda Nacional Republicana (GNR), vai intensificar a fiscalização ao uso indevido do telemóvel durante a condução, nas vias onde se tem registado um maior índice de sinistralidade, de modo a contribuir para a diminuição do risco de ocorrência de acidentes e para a adopção de comportamentos mais seguros por parte dos condutores, intitulada Operação Smartphone, Smartdrive
 
Segundo a informação da GNR “a  utilização incorrecta e o manuseamento de telemóveis, tablets, ou dispositivos similares, para a realização de chamadas, envio de mensagens escritas ou consulta de redes sociais, durante a condução acarreta riscos associados, designadamente:    Distracção visual (tira os olhos da estrada); Limitação motora (tira as mãos do volante) e Condicionamento cognitivo (distracção na condução).”
Em 2018, a GNR detectou mais de 22 mil condutores a fazer o uso indevido do telemóvel no exercício da condução, enquanto que nos primeiros quatro meses de 2019, foram detectados cerca de 9 mil condutores, sendo a dissuasão do cometimento deste tipo de infracções, uma das prioridades dos militares da GNR, no sentido de salvar vidas e de reduzir os riscos, fazendo face a este flagelo da sinistralidade rodoviária.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
31 29
14 15
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda