PCP pede estudo sobre a Linha do Alentejo troço Casa Branca-Funcheira
Publicado | 2019-05-06 04:37:01
 
No seguimento das notícias relativas à existência de um estudo, elaborado pela Infraestruturas de Portugal em Maio de 2015, relativo às intervenções necessárias na infraestrutura ferroviária da linha do Alentejo sobre o troço Casa Branca-Funcheira, o PCP, através dos Deputados João Dias e Bruno Dias, requereu ao Governo o envio à Assembleia da República do documento, intitulado “Linha do Alentejo troço Casa Branca-Funcheira, circulação de comboios de 750 metros, análise e intervenções na estrutura ferroviária”.
 
Segundo o comunicado do grupo parlamentar “ há longos anos que as ligações ferroviárias no distrito de Beja têm vindo a sofrer perda de serviços, onde se destaca o encerramento das ligações Beja ao Algarve, bem como o fim das ligações directas entre Beja e Lisboa e a degradação do serviço prestado.”  O documento adianta que “os sucessivos Governos transformaram a linha do Alentejo, uma importante ligação ferroviária, num ramal de ligação entre Casa Branca e Beja. As sucessivas limitações à mobilidade das populações visam acima de tudo o enceramento da ligação ferroviária ao distrito de Beja.”
Assim o PCP alerta para a necessidade de investimento na ligação ferroviária ao Distrito de Beja como forma de potencializar a economia da região e possibilitar a deslocação das populações.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
30 29
18 17
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda