OVIBEJA termina com balanço positivo
Publicado | 2019-04-30 04:37:45
 
Terminou a 36ª edição da OVIBEJA, que este ano debateu os impactos das alterações climáticas, as suas consequências para a agricultura e o papel dos agricultores como guardiões da biodiversidade.
 
Com a certeza de que “não há agricultura sem homens nem homens sem agricultura”, os homens da terra são o grupo profissional que está na linha da frente para a tomada de medidas que permitam continuar a produzir alimentos e a desenvolver e dinamizar o espaço rural de forma sustentável. O Presidente da ACOS, Rui Garrido sublinhou à Planície que “o balanço é positivo, desde logo porque a feira continua atractiva. Este ano tivemos mais área de exposição e mais expositores. Tivemos mais de 100 mil visitantes o que é muito bom para a nossa região. 
Rui Garrido acrescentou ainda que foram discutidas ideias muito importantes sobre as alterações climáticas “estiveram presentes vários especialistas no assunto que é importante para a agricultura e para a pecuária.” O presidente da ACOS adiantou ainda que a feira foi visitada por todos os políticos do País, excepção feita ao Primeiro Ministro, que pelo segundo ano consecutivo não visitou o certame. “É a excepção, mais uma vez não veio ao Baixo Alentejo”

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
14 12
8 5
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda