OVIBEJA termina com balanço positivo
Publicado | 2019-04-30 04:37:45
 
Terminou a 36ª edição da OVIBEJA, que este ano debateu os impactos das alterações climáticas, as suas consequências para a agricultura e o papel dos agricultores como guardiões da biodiversidade.
 
Com a certeza de que “não há agricultura sem homens nem homens sem agricultura”, os homens da terra são o grupo profissional que está na linha da frente para a tomada de medidas que permitam continuar a produzir alimentos e a desenvolver e dinamizar o espaço rural de forma sustentável. O Presidente da ACOS, Rui Garrido sublinhou à Planície que “o balanço é positivo, desde logo porque a feira continua atractiva. Este ano tivemos mais área de exposição e mais expositores. Tivemos mais de 100 mil visitantes o que é muito bom para a nossa região. 
Rui Garrido acrescentou ainda que foram discutidas ideias muito importantes sobre as alterações climáticas “estiveram presentes vários especialistas no assunto que é importante para a agricultura e para a pecuária.” O presidente da ACOS adiantou ainda que a feira foi visitada por todos os políticos do País, excepção feita ao Primeiro Ministro, que pelo segundo ano consecutivo não visitou o certame. “É a excepção, mais uma vez não veio ao Baixo Alentejo”

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
36 35
17 17
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda