Governo melhora acesso das equipas de sapadores florestais aos apoios
Publicado | 2019-04-10 04:15:25
 
O Governo melhorou as condições de acesso das Equipas de Sapadores Florestais aos apoios, dispensando-as excepcionalmente da prestação de garantia bancária para aceder aos apoios financeiros nos anos de 2019, 2020 e 2021.
 
Esta medida aplica-se ao funcionamento de Equipas de Sapadores Florestais que tenham por beneficiários organizações de produtores florestais, incluídos os órgãos de administração de baldios e suas associações.
Segundo o Despacho do Secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas, publicado em Diário da República, “a protecção da floresta constitui um objectivo estratégico para o país e destaca a importância da Lei de Bases da Política Florestal, que define como acção de carácter prioritário o reforço e a expansão do corpo especializado de equipas de sapadores florestais.”
O montante anual do apoio ao funcionamento das Equipas de Sapadores Florestais é de 40 mil euros, aplica-se este ano e até 2021, e é financiado através do Fundo Florestal Permanente (FFP). Este apoio corresponde aos trabalhos de serviço público realizados num período de 110 dias de trabalho por ano, que inclui os dias utilizados no curso de formação profissional de certificação e 50% dos dias utilizados na formação contínua, até ao máximo de 10% da totalidade dos dias de prestação de serviço público ao longo do ano. 
Neste momento, estão já em actividade 400 Equipas de Sapadores Florestais, 128 das quais criadas por este Governo. Até ao final do ano, estarão criadas, no total, 500 equipas envolvendo uma força de 2.500 efectivos.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
19 19
6 8
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda