GNR faz buscas em Évora e Beja
Publicado | 2019-03-25 04:38:17
 
A Guarda Nacional Republicana, numa operação que envolveu mais de cem militares, desmantelou uma rede que burlou o estado em mais de 5 milhões de euros.
 
Os militares realizaram buscas em nove distritos – Faro, Beja, Évora, Setúbal, Santarém, Leiria, Coimbra, Viseu e Porto, no decorrer de uma investigação de fraude fiscal, que culminou na detenção de quatro pessoas, três homens e uma mulher.
De acordo com a GNR, “durante mais de um ano foi investigado um grupo de indivíduos que, através da criação sucessiva de empresas de prestação de serviços de exploração florestal em nome de testas de ferro e falsas declarações tributárias, logrou obter lucros, por falta de pagamento dos impostos devidos, em sede IVA e de Impostos Sobre os Rendimentos, que se estimam de montante superior a 5 milhões de euros, num esquema que durava há vários anos.” Desta acção resultou ainda a constituição de 14 arguidos, cinco homens e seis mulheres, com idades compreendidas entre 19 e 49 anos, e ainda três empresas.
Os detidos estão indiciados da prática dos crimes de fraude fiscal, associação criminosa, abuso de confiança, burla tributária, falsificação de documentos e insolvência dolosa.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
30 34
14 13
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda