Agricultores querem “licença para matar” javalis
Publicado | 2019-03-21 04:29:58
 
O aumento descontrolado da população de javalis que se tem verificado nos últimos anos no nosso país, está a causar avultados e crescentes prejuízos no sector agrícola nacional.
 
Devido a esta problemática várias associações de agricultores manifestaram junto da CAP a sua preocupação com este tema e a necessidade de se tomarem medidas no mais curto espaço de tempo.
Na reunião realizada com o ICNF (Instituto de Conservação da Natureza e Florestas), promovida pela CAP, em que participaram a ANPROMIS e a ANPC, foram debatidas algumas medidas entre as quais salientamos: aumentar o esforço de caça e autorizar acções de controlo de densidades para mitigar os avultados prejuízos causados em determinadas culturas agrícolas mais intensivas, entre as quais o milho, mediante a realização de batidas, montarias e esperas; implementar Planos Globais de Gestão que permitam o controle das elevadas densidades das populações de javalis existentes; prever no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural (PDR), um concurso específico que permita o financiamento da instalação de cercas, que possibilitem minimizar os prejuízos provocados pelos javalis. Em causa está também a propagação de doenças, devendo-se estabelecer medidas para prevenir o possível aparecimento da Peste Suína Africana em Portugal.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
36 35
17 15
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda