Governo investe 3,5 milhões de euros para aumentar segurança rodoviária
Publicado | 2019-03-18 04:22:00
 
O Ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, afirmou que a tendência de estagnação da redução dos números da sinistralidade rodoviária desde 2017 reorientou as prioridades de investimento, permitindo que 3,5 milhões de euros sejam utilizados em «radares, alcoolímetros e mecanismos de verificação de segurança rodoviária».
 
Na Assembleia da República, durante a comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, Eduardo Cabrita destacou que esta verba surge na sequência da acção de «uma estratégia comum entre a GNR e a PSP, em articulação com a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.
O Ministro sublinhou também a criação de ações em desenvolvimento com as autarquias locais e zonas de maior risco.
A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária referiu que em 2018 morreram 513 pessoas, mais três do que em 2017, num registo que verificou uma subida pelo segundo ano consecutivo. O número de acidentes também foi mais alto (em 2170 sinistros) do que em 2017.
Segundo o ministro «os resultados de 2017 e 2018, que correspondem àquilo que se passou em Espanha, França e globalmente na União Europeia, correspondem a uma estagnação de uma tendência de redução que não nos deixam satisfeitos».     
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
22 20
9 12
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda