Cordão humano pela construção do Novo Hospital do Alentejo
Publicado | 2019-03-07 04:17:27
 
O PCP exige o início da construção do Hospital Público do Alentejo, assim vai realizar-se no próximo dia 12 deste mês, às 18h frente ao Hospital do Patrocínio em Évora, um cordão humano, como chamada de atenção para a necessidade da construção deste equipamento.
 
Em comunicado sobre o início da obra do Hospital Central de Évora, o PCP salienta que “face aos perigos de uma derrapagem em todo o processo, a realização desta acção tem como objectivo, afirmar que a população está atenta e não desiste de exigir que a obra se inicie nesta legislatura. Igualmente pretende-se alertar a opinião pública que é preciso continuar a luta pela construção do novo Hospital.
Este Cordão Humano realiza-se depois de, no dia 1 de Março, uma delegação do PCP ter entregue ao Presidente da Assembleia da República a Petição Pública- EM DEFESA DA CONSTRUÇÃO DO NOVO HOSPITAL CENTRAL PÚBLICO DO ALENTEJO- a qual reuniu mais de 4000 assinaturas.”
O deputado do PCP eleito por Beja, João Dias, disse à Planície que “ entendemos que este hospital é uma mais valia para todo o Alentejo. Ter um hospital central seria um benefício para toda a população da região. Entendemos que estas obras há muito prometidas, já tiveram algumas primeiras pedras, devem ser concretizadas, é importante passar das palavras aos actos. Não podemos perder esta oportunidade de poder avançar finalmente e com esta importante obra.” 
O parlamentar adiantou ainda que “enquanto deputado eleito pelo Baixo Alentejo não posso deixar de reafirmar a importância de investir naqueles que são os equipamentos do Distrito de Beja. Não pode haver conflitualidade. É necessário serem feitos os investimentos que já estão preconizados, como a 2ª fase do Hospital de Beja, os cuidados de saúde primários, como o Centro de Saúde de Vidigueira, que importa construir durante 2019. Assim como outros que carecem de obras, nomeadamente o Centro de Saúde de Moura, Castro Verde na Unidade Básica de Urgência e muitas outras extensões de saúde.”
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
17 16
8 7
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda