Cartão de cidadão vai mudar para ficar igual aos outros países da Europa
Publicado | 2019-02-27 04:36:26
 
Cidadãos europeus vão passar a ter cartões de cidadão iguais e os primeiros podem começar a circular em Portugal entre 2020 e 2021.
 
Ninguém vai ser obrigado a mudar e não vai ter custos acrescidos. 
Há três alterações de fundo: os documentos passam a incluir a bandeira da União Europeia, a fotografia muda para o lado esquerdo e serão reforçadas as normas de protecção dos dados dos utentes dos cartões.
Esta última alteração torna possível uma leitura criptográfica do documento de identificação sem ter de o introduzir numa máquina. A proximidade com a chave criptográfica vai funcionar.
O novo regulamento deverá ser publicado até ao final do mês de Maio e entrará em vigor passados dois anos, altura em que os Estados-membros terão, obrigatoriamente, de o adoptar. No entanto, nenhum cidadão europeu vai ser obrigado a mudar de cartão de imediato, nem terá custos adicionais.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
30 34
14 13
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda