Inicia-se hoje a operação “Estrada Segura” da GNR
Publicado | 2019-01-30 17:29:46
 
A Guarda Nacional Republicana, inicia hoje e até ao final da próxima segunda-feira, dia 4 de Fevereiro, a operação Estrada Segura.
 
Os militares da GNR vão intensificar a fiscalização rodoviária na sua área de responsabilidade, com o objectivo de combater a sinistralidade rodoviária grave e incutir comportamentos mais seguros nos condutores portugueses. 

Segundo a nota de imprensa da GNR “da análise dos dados provisórios da sinistralidade rodoviária grave, registada durante o ano de 2018, foi possível apurar que 69% dos acidentes, em que resultaram vítimas mortais e feridos graves, ocorreram em estradas nacionais (170 mortos) e arruamentos (103 mortos).

Dos mais de 80 mil acidentes registados em 2018, destaca-se que 72% foram resultantes de colisões, que revela um claro incumprimento das regras de trânsito relacionadas com manobras, havendo ainda a salientar o aumento dos atropelamentos em 11%, originando 69 vítimas mortais, das quais 75% tinham mais de 50 anos.”

Durante a operação, para fazer face a estes números, a GNR, através da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais, irá concentrar as acções de fiscalização no trânsito dentro das localidades ou em estradas nacionais que as atravessem, com especial preocupação às seguintes infracções: Manobras de ultrapassagem, mudança de direcção, inversão do sentido de marcha e cedência de passagem; Estacionamento a menos de 5 metros ou em passagem assinalada para a travessia de peões; Desrespeito pela sinalização luminosa; Excesso de velocidade; Condução sob a influência do álcool; A não utilização dos sistemas de iluminação e sinalização, ou que apresentem anomalias; Utilização indevida do telemóvel.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
22 20
9 12
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda